Sunday, March 25, 2007

Shaking everything OUT of Place - By Luciana



Tento organizar as palavras chave...
Que usei pra armazenar
Toda uma história
No arquivo do coração...
Picolé de coco
Cheiro de cloro
Massagem nos pés
Hummmm... Jabuticaba no pé
Óleo de amêndoa
Escorpião...
Pipoca com pimenta
Lavanda com baunilha
Beija Flor
Acarajé?
Minha mixórdia de memórias...
Imaginação fértil, memória seletiva
Por associação de imagens, flashes opacos
Que a tal da cachola me dá
Bagunça sugestiva
Mas tudo sempre me leva ao mesmo lugar
Bala de eucalipto
No sol da primavera
O perfume da dama da noite
E o cor de rosa das primaveras
Em meio ao calor do sol, a sombra da Lua
O luar refletido nos olhos dum índio
Paixão meiga, enérgica e plana
Só quem viveu que entende
Tortura que eu mesma crio?
Ou que o coração não me deixa esquecer...

Luciana


7 comments:

Fê Probst said...

Bonito o poema... Mas meio nostálgico, não?

Diana Pádua said...

Lindo o poema... Gostei muito do seu blog... :).. E obrigada pela visita! Apareça mais vezes!! :)

bjs

Sebastiao Moura said...

Lembranças que não podem ser traduzidas em palavras, essas são as melhores!

B. said...

Acho que as duas opções explicam bem. E você não é a única.

Bisous.

Felipe Dib said...

gostei muito desse!
muito bom, parabéns XD

Monsieur Coçard said...

ahUHAUhauHAU gostei... tudo e nada a ver... saudades de tudo :)

beijos

Lais your shrink said...

Lulu ...
lindo... and I can relate... :D
hhihihhi camaraumzinhu frito q a gente pegou no Rio Vermelho...
contando carros com o Igor... brincando d Jasper na rua... FECIB...ateh hj me lembro do gosto de IZZY...tomamos uns 150 soh pra ganhar free tickets... sao as memorias q nos fazem ser quem somos... sao as melhores e as piores... as q nos fazem sorrir ...mas ao mesmo tempo dah aquela dorzinha no coracao porque we know we'll never live it again... except in our minds