Thursday, March 15, 2007

Arte de Amar - Manuel Bandeira


Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma e que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.
As almas são incomunicáveis.
Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.
Porque os corpos se entendem, mas as almas não.

3 comments:

Sebastiao Moura said...

Ah, entendem-se, sim! Não é fácil, mas entendem-se!

Francisco said...

Luciana!
Filosofando um pouco, mas concordo com o Sebastião. Sem alma, não há amor. O problema todo tá na consciência da alma, na moldagem que fazemos ou queremos fazer...
Parabéns pelo blog e finalmente comentei!

Wolf_o_Vermelho said...

tenho uma ligação especial com este poema. foi uma pena oferece-lo à alguem e acabar comigo sendo o único a te-lo entendido ;P